Copa do Mundo: Futebol · Campeonatos Estrangeiros: Esportes: Notícias: The Hankyoreh

Kang In Lee (esquerda) e Hong Min Sun da seleção coreana de futebol. Yonhap News

Nesta Copa do Mundo do Catar, as estrelas estão causando sensação. Na partida da fase de grupos do dia 21 (horário local), a fórmula do “primeiro gol na estreia na Copa do Mundo” foi mantida e os jovens jogadores tiveram um bom desempenho. Os jogadores que marcaram gols neste dia incluem Judd Bellingham (19) e Bukayo Saka (21) da Inglaterra, Cody Hakpo (23) da Holanda e Timothy Weah (22) dos Estados Unidos, todos nascidos na década de 2000, exceto Hakpo Nascido em 1999 DC. É verdadeiramente a rebelião da “Pequena Veneza”. Na Coréia, há uma arma jovem que está atraindo a atenção do mundo. Lee Kang-in (21 anos, Mallorca), nascido em 2001, é o personagem principal. Lee Kang-in é o único nascido nos anos 2000 entre 26 jogadores de futebol coreanos. Isso se explica pela tendência do técnico Paulo Bento em privilegiar os veteranos. De fato, dos 831 finalistas de 32 países participantes deste torneio, 125 nasceram na década de 2000, ou 3,9 por equipe, mas apenas um Lee Kang-in é da Coreia. Lee Kang-in também teve que aguentar um período de paciência antes de embarcar no avião para o Catar. Lee Kang-In não estava interessado apenas por causa de sua idade. Lee Kang-in mostrou bom desempenho nesta temporada enquanto jogava pelo Mallorca na La Liga (Primeira Divisão). Ele começou quase todos os jogos e marcou 2 gols e 3 assistências no campeonato. Este é o pano de fundo do pedido de Lee Kang-in para ser escolhido entre os fãs domésticos. Os Estados Unidos (ESPN) também escolheram Lee Kang-in como um dos 5 Young Guns para assistir na Copa do Mundo no Qatar. Apesar da pouca idade, suas habilidades já eram reconhecidas.

Embora ainda não tenha passado pelas finais da Copa do Mundo, Lee Kang-in já se destacou no cenário internacional durante sua passagem pela seleção por faixa etária. Lee Kang-in participou do Mundial Sub-20 (Sub-20) da Polônia 2019 e, apesar de ser vice-campeão da seleção, conquistou a Bola de Ouro (2 gols, 4 assistências), Jogador Mais Valioso (MVP) do torneio. Na época, ele tinha 18 anos, 3 meses e 27 dias. Ele é o segundo mais jovem vencedor da Bola de Ouro. O recorde de mais jovem é do “deus do futebol” Lionel Messi (Argentina, 18 anos e 8 dias). E os outros países do Grupo Oito que enfrentarão a Coreia? O país mais jovem é Gana. Em Gana, até 10 em 26 nasceram na década de 2000. Este é o maior número entre os 32 países que se classificaram para as finais. Esta é uma das razões pelas quais Gana é considerada um azarão cuja força neste torneio é difícil de entender. Uruguai (3) e Portugal (4), que se enquadram no mesmo grupo da Coreia, na média. Essa diferença também é evidente na média de idade. De acordo com uma empresa de estatísticas, a idade média dos jogadores coreanos é de 27,8 quando calculada em anos simples. O Uruguai também tem 27,8 anos, a mesma idade da Coreia. Ela é 1,1 anos mais velha que o Irã (28,9 anos), a mais velha. Portugal está no meio com 26,8 anos. Por outro lado, Gana, que possui o maior número de armas de fogo, tem uma média de idade de apenas 24,7 anos. É o menor de 32 países. Repórter Lee Jun-hee Givenhappy@hani.co.kr

READ  Baek Seung-ho, revivido em Jeonbuk, como novo 'Trustworthy Man' no Bentuho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.