Covid-19: Tribunal de Cascais encerrado para desinfecção

 

Procuradora infectada obrigou a acção de desinfecção do tribunal

Tribunal de Cascais encerrou esta terça-feira para desinfecção depois de uma Procuradora ter sido infectada com o novo coronavírus.

De acordo com o jornal o Público como medida de precaução foram colocados em quarentena cinco funcionários judiciais e o edifício do Tribunal de Cascais esteve encerrado para desinfecção, esta terça-feira.

A magistrada em questão estava em situação de teletrabalho e deslocou-se, a semana passada, ao Departamento de Investigação e Acção Penal de Cascais para realizar um turno de trabalho.

Numa primeira fase estava prevista a desinfecção do seu local de trabalho mas devido às pressões de vários profissionais do Tribunal a gestão da comarca alargou a operação a todo o edíficio.

Segundo a mesma fonte a juíza-presidente da comarca de Lisboa Oeste, Rosa Vasconcelos, confirmou  que o Tribunal de Cascais esteve encerrado durante o dia, mas que esta quarta-feira já retomará o funcionamento. “Hoje o tribunal esteve encerrado para que uma empresa fizesse a desinfecção do edifício”, declarou ao Público.

A procuradora infectada com o Covid-19 encontra-se bem e em casa.