[여기는 남미] Polícia brasileira resgata 15 girafas do isolamento



18 girafas tiveram que ser presas em intervalos de cerca de 40 metros quadrados. Devido à má gestão, o habitat da girafa foi poluído. / Foto = Polícia no Brasil

A vida selvagem que migrou da África para a América do Sul e os animais que foram perseguidos desde que chegaram foram em grande parte resgatados. De acordo com a mídia local, a polícia brasileira resgatou 15 girafas do isolamento corona após receber uma denúncia de abuso de animais em um resort (horário local) no Rio de Janeiro no dia 26 do mês passado. As girafas chegaram ao Brasil e foram resgatadas 75 dias depois.

Um policial do dia 30 explicou: “As circunstâncias do abuso são claras, mas as circunstâncias do incidente, o motivo do longo isolamento etc. não são devidamente compreendidos, por isso continuamos a investigar aqueles que os prenderam. “

Grupos de direitos dos animais no Brasil estão pedindo a proibição total da manutenção de animais em zoológicos ou sua importação para entretenimento humano.

As girafas chegaram ao Brasil de avião da África do Sul em novembro passado. O número total de girafas migrando para o Brasil (?) é 18, o maior na história da importação de girafas.

Um zoológico importou girafas, mas em vez de ir diretamente ao zoológico, as girafas foram transferidas para um resort no Rio. A polícia diz que a “explicação oficial é que os animais não podem ser excluídos do isolamento por causa do Govt-19”.

No entanto, o infortúnio foi causado pelo isolamento prolongado por razões desconhecidas. Resorts sem instalações adequadas de reprodução perseguiram as girafas em um espaço estreito com telhado.

Dezoito girafas tiveram que ficar presas em uma área de cerca de 40 metros quadrados. O lugar onde viviam as girafas estava poluído pela má gestão.

É por causa dessa situação que muitos grupos brasileiros de direitos dos animais denunciaram a crueldade animal. “(Antes da operação de resgate), houve vários relatos de grupos de animais de que girafas estavam sendo isoladas em áreas onde nem as fezes haviam sido removidas”, confirmou a polícia.

As más condições acabaram matando algumas girafas. Três das 18 girafas morreram repentinamente no mês passado, segundo a polícia brasileira.

Grupos de direitos dos animais dizem que “algumas girafas morreram de depressão severa depois de serem mantidas em um lugar sujo e lotado por mais de 60 dias”. A polícia disse que três girafas morreram, mas a causa da morte não pôde ser determinada.

No Brasil, enquanto isso, o incidente provocou pedidos de proibição da importação de animais selvagens.

O Fórum Brasileiro de Bem-Estar Animal disse que iria buscar uma petição pública pedindo a proibição da caça, comércio ou importação de animais selvagens para prazer humano.

Lim Seok-hoon, correspondente sul-americano juanlimmx@naver.com

READ  Corline Soft recebe certificação 'MDSAP' ... estabelece as bases para o interesse em mercados estrangeiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.