Guerra de Gaza=Holocausto Lula do Brasil retira embaixador em Israel

entrada
Correção

A disputa diplomática entre os dois países intensificou-se devido à guerra em Gaza

O presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula Tassiva, retirou o embaixador de seu país em Israel depois de criticar a operação militar de Israel na Faixa de Gaza, comparando-a ao Holocausto.

Segundo a AP e a AFP, o governo brasileiro anunciou em comunicado oficial no dia 29 (hora local) que o presidente Lula nomeou o embaixador brasileiro em Israel, Frédéric Meyer, como enviado do Brasil à Conferência da ONU sobre Desarmamento, em Genebra.

Segundo fontes diplomáticas, o embaixador vago do Brasil em Israel continuará atuando no sistema atual, sem indicação de sucessor.

O Brasil é um dos países representativos cujas relações diplomáticas com Israel se deterioraram desde a guerra na Faixa de Gaza, quando o grupo militante palestino Hamas lançou um ataque surpresa contra Israel em outubro do ano passado.

Em Fevereiro deste ano, o Presidente Lula afirmou: “Isto não é uma guerra, é um genocídio”, à medida que as baixas civis palestinianas continuam a aumentar enquanto Israel bombardeia e posiciona forças terrestres no reduto do Hamas em Gaza. Os judeus foram massacrados pela Alemanha nazista.

Israel reagiu fortemente a este comentário, feito durante uma visita à Etiópia para participar na cimeira da União Africana (UA).

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, também chamou o Embaixador Meyer ao Memorial do Holocausto Yad Vashem, em Jerusalém, para transmitir a posição do governo israelense.

Fontes brasileiras disseram que a ‘vergonha’ do Ministro Katz no momento em que repreendeu publicamente o Embaixador Meyer por não lhe fornecer um tradutor em hebraico teve alguma influência na decisão de destituir o Embaixador Meyer.

READ  [단독] O K Bangsan pode penetrar no mercado sul-americano? O Peru está considerando seriamente a introdução de veículos blindados K-808 de fabricação coreana e caças FA-50. :: cultura diária munhwa

As condições do Embaixador Meyer para retornar a Israel não foram cumpridas e atualmente não há planos para nomear um sucessor, disse a fonte.

Em resposta à notícia, o Itamaraty afirmou em comunicado que “ainda não foi feito nenhum anúncio oficial sobre o assunto” e que o embaixador interino do Brasil em Israel, Fabio Farias, seria convocado ao Itamaraty. Uma reunião relacionada no dia 30.

O Hamas lançou um ataque surpresa a Israel em 7 de Outubro do ano passado, matando cerca de 2.000 civis, soldados e estrangeiros e fazendo cerca de 250 reféns para a Faixa de Gaza.

Em resposta, Israel declarou guerra ao Hamas e, segundo as autoridades de saúde de Gaza, mais de 36 mil palestinianos perderam a vida na guerra de sete meses.

Autoridades de saúde de Gaza disseram que a maioria das vítimas eram mulheres e crianças inocentes.

/Boas notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *