O mundialmente famoso general Son Heung-min abre… “Quando ele pega a bola, quero fechar os olhos” Grande elogio

Son Heung-min comemora após marcar o gol inaugural da terceira partida entre Coreia e Tailândia pelas eliminatórias da Copa do Mundo da América do Norte e Central de 2026 para a região da Ásia, partida da segunda fase das eliminatórias do Grupo C, disputada na Copa do Mundo de Seul Estádio no dia 21.[사진제공=연합뉴스]

O técnico do Liverpool, Jurgen Klopp, que ainda é um grande jogador representando a Premier League inglesa, avaliou muito bem as habilidades de Son Heung-min.

No dia 22 (horário coreano), o Liverpool compartilhou um vídeo em seu canal oficial no YouTube em que o técnico Klopp e sua comissão técnica relembram sua passagem pelo Liverpool e contam histórias sobre as quais não conversaram.

O técnico Klopp fez outra citação sobre Son Heung-min no evento. Houve momentos em que Klopp fechou os olhos com força durante seus nove anos no Liverpool, e um deles envolveu Son Heung-min.

Falando sobre o gol inesquecível na partida contra o Liverpool, o técnico Klopp relembrou o jogo de volta das semifinais da Liga dos Campeões 2018-2019, contra o Barcelona. Em seguida, mencionou a última partida em que enfrentou Son Heung-min (Tottenham). “Quero marcar outro gol”, disse Klopp. “Porque agora me lembro de como me senti quando Divock Origi marcou o segundo gol na final da Liga dos Campeões”, lembra.

Sim
Diretor técnico Jurgen Klopp.[사진=리버풀 유튜브 공식 채널 캡처]

“Antes do gol, eu realmente queria fechar os olhos sempre que Son Heung-min pegava a bola”, disse o técnico Klopp, “mas não consegui aproveitar até que Origi marcou aquele gol”.

O técnico Klopp só conseguiu conquistar o título da Liga dos Campeões depois de derrotar o Tottenham na final da Liga dos Campeões da temporada 2018-2019. Mesmo durante sua passagem pelo Dortmund e pelo Liverpool, ele escorregou ao chegar à final da Liga dos Campeões.

READ  Notas curtas e tendenciosas do árbitro de Yoo Jae-suk... Anunciada a dissolução do fã-clube da China

O mesmo aconteceu com o Tottenham. Tinham avançado para a final da Liga dos Campeões pela primeira vez na história do clube e estavam prestes a vencer a sua primeira competição europeia desde a Taça UEFA (a antecessora da Liga Europa).

No que se esperava que fosse uma partida intensa, o Liverpool assumiu a liderança graças a um pênalti concedido devido a um erro ridículo de mão na bola de Moussa Sissoko. Mohamed Salah teve sucesso e tomou a iniciativa.

O Tottenham não teve escolha a não ser contar com as capacidades de Son Heung-min, porque Harry Kane não havia se recuperado totalmente da lesão. Entre os atacantes do Tottenham naquele dia, Son Heung-min também foi o jogador com melhor atuação.

A razão pela qual o técnico Klopp tinha medo de Son Heung-min é porque ele sofreu muito com Son Heung-min. Durante seus dias no Dortmund, Son Heung-min aparecia sempre que encontrava um jogador do Dortmund sob o comando de Klopp. É por isso que o técnico Klopp tentou contratar Son Heung-min.

Depois de algum tempo, o técnico Klopp disse: “Um dos maiores erros da minha vida foi não contratar Son Heung-min”.

Sim
Treinador Pep Guardiola.[사진제공=로이터 연합뉴스]

Klopp não era o único que tinha medo de Son Heung-min. O técnico Pep Guardiola, que alcançou o grande feito de conquistar quatro títulos consecutivos da Premier League, também admitiu ter sido assediado inúmeras vezes por Son Heung-min.

Após a partida da 34ª rodada entre Tottenham e Manchester City, no dia 15, Guardiola disse: “Você sabe o quanto Son Heung-min nos frustrou nos últimos sete ou oito anos? “Eu disse (nesta cena) ‘Isso não pode acontecer de novo?’”, disse ele, referindo-se a Son Heung-min.

READ  Provando competitividade... Jo Min-gyu, fazendo sua parte, marcou seu tão esperado primeiro gol na primeira partida fora de casa contra a Tailândia.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *