OE ‘Potencial para bom desempenho das obrigações latino-americanas do Brasil e do México este ano’


Manter 'sobreponderação' em títulos em moeda local em mercados emergentes

(Nova York = Yonhap Infomax) O correspondente Seonyung Jeong = Oxford Economics (OE) prevê que os títulos da região latino-americana terão um bom desempenho este ano.

O sentimento de investimento em títulos brasileiros e mexicanos melhorou
Fonte: Economia de Oxford

No seu último relatório do dia 29 (hora local), o OE disse: “Acreditamos que os cortes nas taxas de juros no México, na Hungria e no Brasil este ano refletem muito pouco”, e acrescentou: “Vamos ajustar as taxas para cima para aumentar. A moeda local em Títulos do governo do Brasil e do México até o final de 2024.” “Esperamos um lucro em torno de 8 a 10%”, observou.

Especificamente, o OE explicou que a inflação, o aumento do carry e a confiança do banco central no mercado reduzirão os rendimentos do Tesouro a 10 anos.

A inflação subjacente nas economias emergentes da América Latina e da Ásia caiu abaixo dos níveis pré-pandemia, explicou o OE.

Embora o risco do Mar Vermelho afecte os custos de transporte, espera-se que tenha um impacto menor sobre a inflação nos países emergentes do que a invasão russa da Ucrânia.

É provável que o foco se concentre nos preços das importações europeias e espera-se que os factores inflacionistas se moderem no primeiro semestre do ano devido a uma orientação mais restritiva da política monetária e à procura moderada.

Note-se que as taxas de juro de política deverão ser muito elevadas nestes países, dado o ritmo da inflação.

OE disse: “A resposta dos preços de mercado aos cortes nas taxas de juros mudou significativamente nos últimos três meses, e espera-se que a maioria dos ciclos de cortes nas taxas de juros sejam mais acentuados”, acrescentando: “México, Hungria e Brasil estão excluídos, e acreditamos que estes países centrais os bancos continuarão a cortar as taxas este ano. “Espera-se que haja um ciclo de redução.” “Acho que haverá mais cortes nas taxas de juros do que o normal”, disse ele.

READ  [사회][뉴있저] 'Previsão do número vencedor da loteria'?...Descobri que é uma farsa

OE acrescentou: “Mantemos uma visão sobreponderada em títulos em moeda local de mercados emergentes”.

A alocação cambial deste mês também deverá ser fortemente direcionada para a América Latina.

OE acrescentou: “Acreditamos que há muito espaço para opções de carregamento mais altas, apesar do aumento da exposição ao dólar”.

Posteriormente, ele expressou sua opinião sobre o aumento da taxa do peso colombiano, do real brasileiro, do forint húngaro e da rupia indiana.

syjung@yna.co.kr

(resultado)

Este artigo foi postado no Terminal de Informações Financeiras da Infomax às 05h07.

Envie um artigo SNS


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *