Putin invade a Ucrânia ao amanhecer… aliados dos EUA combinados com duras sanções

Notícias Yonhap

O presidente russo Vladimir Putin (foto) lançou uma invasão da Ucrânia na manhã do dia 24 (horário local).

O presidente Putin anunciou uma operação especial na região de Donbass, no leste da Ucrânia, às 5h50, horário local, argumentando que a ameaça da Ucrânia era “inaceitável” na forma de uma carta de emergência. A declaração de Putin para iniciar a guerra veio imediatamente após uma reunião de emergência do Conselho de Segurança das Nações Unidas ter sido realizada na sede das Nações Unidas em Nova York.

Putin enfatizou que a ação militar foi uma medida para proteger os moradores da região de Donbas, no leste da Ucrânia, uma área ocupada por rebeldes pró-Rússia. Embora ele tenha traçado uma linha dizendo que “não há plano para ocupar a Ucrânia”, os ataques com mísseis russos continuaram em vários lugares, incluindo a capital ucraniana, Kiev.

O presidente dos EUA, Joe Biden, condenou a operação militar russa como uma invasão injustificada e disse que imporia imediatamente duras sanções a seus aliados.

Explosões na capital Kiev

De acordo com relatos da mídia estrangeira, a Rússia limitou a operação a uma operação militar no leste da Ucrânia, mas ataques também foram realizados nas principais cidades ucranianas. Imediatamente após o anúncio de Putin, explosões foram ouvidas em toda a Ucrânia, incluindo a capital Kiev, Kharkov, Odessa e Verdansk.

A esse respeito, o Ministério da Defesa russo disse: “Estamos atacando a infraestrutura militar da Ucrânia com armas de alta precisão. O exército russo não lança ataques com mísseis ou bombardeios contra cidades ucranianas”, disse ele.

O governo ucraniano também anunciou que “a Rússia está lançando um ataque à nossa infraestrutura militar”.
A CNN informou que não apenas o leste da Ucrânia, mas também as forças russas lançaram uma ofensiva através da fronteira bielorrussa ao norte. O governo ucraniano declarou imediatamente a lei marcial e pediu às Nações Unidas e à comunidade internacional que prestassem assistência máxima.

READ  Quem ao invés de Jung Ho Young... "Vaga da Torre de Vigia da Quarentena" continua

Estados Unidos anunciam sanções totais

O presidente dos EUA, Joe Biden, chamou a invasão da Ucrânia pela Rússia de um “ataque sem justificativa” e anunciou uma resposta decisiva. “O presidente Putin escolheu uma guerra premeditada que resultará em perdas e sofrimento mortal”, disse Biden em comunicado.

Ele disse que toda a comunidade internacional, incluindo aliados e parceiros, imporá coletivamente sanções severas à Rússia e os responsabilizará. O presidente Biden discutiu as questões com os líderes do G7 no dia 24 e decidiu impor sanções totais à Rússia.

No dia 24, os Estados Unidos decidiram apresentar uma resolução ao Conselho de Segurança para responsabilizar a Rússia pelo incidente.

Ahn Hae-won, repórter do Hankyung.com anhw@hankyung.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.