‘Putin não pode ficar no poder’ Biden na Polônia aumenta pressão sobre a Rússia

O presidente dos EUA, Joe Biden, discursa no Palácio de Varsóvia, na Polônia, no dia 26. O presidente Biden insistiu que o presidente russo, Vladimir Putin, “não pode permanecer no poder”. Varsóvia = notícias da Associated Press

“Por favor, este homem não pode permanecer no poder. (Pelo amor de Deus, este homem não pode permanecer no poder.)”

O presidente dos EUA, Joe Biden, criticou a Rússia em um discurso na Polônia, que faz fronteira com a Ucrânia no dia 26 (horário local). Em particular, ele chamou a atenção ao acrescentar notas referentes à mudança de regime visando o presidente russo, Vladimir Putin. Os Estados Unidos também retiraram ajuda adicional à Ucrânia no valor de US$ 100 milhões (cerca de 120 bilhões de won) e um cartão para penalizar as empresas de tecnologia russas. A Rússia respondeu às declarações de Biden e lançou ataques com mísseis contra o ucraniano Lviv, perto da Polônia.

O presidente Biden, que está na Polônia desde 25, fez seu último discurso no mesmo dia em Varsóvia, capital da Europa. Em seu discurso, ele disse: “Hoje a Rússia está perseguindo a democracia e tentando fazê-lo não apenas em seu próprio país, mas em outros lugares”.

“Não há justificativa para a Rússia escolher a guerra. A Rússia já falhou estrategicamente nesta guerra”, disse ele. Ele também alertou: “Nem pense em mover (o exército russo) nem uma polegada para o território da OTAN”.

Durante esse processo, o presidente Biden chamou a atenção quando disse a Putin que “não poderia permanecer no poder”. “O presidente Biden declarou que Putin não deveria mais ser o líder da Rússia”, disse a CNN em comunicado.

READ  Um ataque de drone israelense ao escritório do Hamas em Beirute... a terceira morte no total

À medida que continuava a interpretação de que a tentativa de renúncia de Putin era um objetivo da política dos EUA, a Casa Branca começou a se desenvolver. “O ponto crucial da nota é que o presidente Putin não pode exercer autoridade sobre um país ou região vizinha”, disse um funcionário da Casa Branca.

Mas o porta-voz do Kremlin russo, Dmitry Peskov, disse: “Não cabe a Biden decidir. É apenas a escolha do povo da Federação Russa”.

O presidente dos EUA, Joe Biden (segundo da direita) participa de uma reunião de 2+2 ministros das Relações Exteriores e da Defesa entre os EUA e a Ucrânia em um hotel em Varsóvia, Polônia, no dia 26. Varsóvia = Notícias da Associated Press

O presidente Biden cuidou da Ucrânia pouco antes de seu retorno aos Estados Unidos. No mesmo dia, o presidente Biden participou de uma reunião 2+2 entre os ministros das Relações Exteriores e da Defesa dos Estados Unidos e da Ucrânia em um hotel em Varsóvia e discutiu a situação atual com eles por 40 minutos. O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky não pôde realizar a cúpula porque não pôde se mover, então comunicou indiretamente sua intenção de apoiar os Estados Unidos participando da cúpula 2+2.

Biden então realizou uma reunião de cúpula com o presidente polonês Andrzej Duda e também se encontrou com refugiados ucranianos que fugiram para a Polônia. Ele se referiu a Putin como um “açougueiro”.

No dia 25, ele também incentivou os soldados da 82ª Divisão Aerotransportada do Exército dos EUA que foram enviados para a Polônia. 10.500 soldados dos EUA estão estacionados na Polônia. Em uma reunião com um grupo de ajuda a refugiados, a invasão russa da Ucrânia foi comparada ao incidente de 1989 na Praça da Paz Celestial na China.

READ  ‘Vamos ao funeral do meu irmão mais novo’ O ônibus para a Ucrânia está ‘cheio de tragédia’

O Departamento de Estado anunciou planos para fornecer à Ucrânia US$ 100 milhões adicionais em financiamento de segurança para o setor privado. O Wall Street Journal informou que o Tesouro dos EUA está se preparando para impor sanções adicionais às empresas russas que fornecem bens, serviços e tecnologia aos serviços militares e de inteligência russos.

Washington = Jeong Won Jeong Repórter

Jang Soo Hyun Repórter


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *