Um segundo candidato ‘surpresa’ para a seleção coreana foi revelado… o técnico do Brasil, C.C.


▲ Um convite romântico para o técnico da seleção coreana, Chi Chi (à esquerda), foi relatado pela mídia estrangeira.

▲ Um convite romântico para o técnico da seleção coreana, Chi Chi (à esquerda), foi relatado pela mídia estrangeira.


[스포티비뉴스=박대성 기자] A seleção coreana está seriamente focada na contratação do próximo técnico. Desta vez, ele abordou um diretor de classe mundial. Entrei em contato com o C.C. que comandava a Seleção Brasileira. Também há relacionamento com a seleção coreana em amistosos e na Copa do Mundo. No entanto, o técnico Chichi recusou a oferta pela seleção coreana.


O ‘TND Sports’ da Argentina e alguns meios de comunicação brasileiros relataram no dia 21 (horário da Coréia) que “o técnico Chichi recusou uma oferta para a seleção coreana. O técnico Chichi deixou a Associação Brasileira de Futebol após a Copa do Mundo no Catar e agora está se aposentando.”


A seleção coreana se prepara para a Copa do Mundo sob o comando do técnico Paulo Bento. O técnico Bento teve muita conversa e problemas, mas conseguiu avançar antes da ‘Copa do Mundo da FIFA 2022 no Catar’ e avançou para as oitavas de final após 12 anos contra Uruguai, Gana e Portugal na fase de grupos.


Perdeu para o Brasil nas oitavas de final, mas não abandonou a filosofia na fase de grupos. Sem se deixar intimidar por times de nível mundial, ele mostrou o ‘futebol pró-ativo’ que aprendeu durante quatro anos. A associação ofereceu a Bento um novo contrato, mas depois da Copa do Mundo Bento decidiu assumir um novo desafio.


Após a Copa do Mundo, ele nomeou Michael Muller como chefe da comissão técnica nacional e lançou uma busca em grande escala por candidatos. A associação disse que não vai anunciar oficialmente todo o processo, mas os candidatos contactados pelos meios de comunicação estrangeiros vão surgindo um a um.


Ouvi a história de entrar em contato com José Portales, que treinou Getafe e Valencia na Espanha. No entanto, o técnico Portales queria permanecer na Primera Liga espanhola e recusou a oportunidade de treinar a seleção coreana.


Ele também enviou um caloroso convite ao técnico C C, que levou a seleção brasileira à Copa do Mundo no Catar. O técnico CC saiu invicto nas eliminatórias da Copa do Mundo da América do Sul e tentou a conquista do Mundial, mas foi eliminado nas quartas de final. Desta vez, o diretor Chichi recusou.


Mueller, presidente do Conselho Nacional de Supervisão, planeja procurar o primeiro candidato em uma folha de papel em branco e criar um painel final de candidatos. O presidente chegou a mobilizar a rede pessoal de Müller para encontrar o melhor homem para a seleção coreana. O plano da associação é confirmar o próximo técnico até o final de fevereiro.



READ  Choi Jeong-min, Park Hye-jin e Lee Seon-woo foram selecionados como a primeira equipe nacional. 16 membros da equipe do primeiro César

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.