A cor canário da Copa do Mundo representa a extrema-direita… A polêmica do uniforme do Brasil irrompe

Apoiadores de Bolsonaro protestam de uniforme… Torcedores de futebol de esquerda são alternativa aos ‘camisas azuis’
Topo de limão amarelo… O símbolo do futebol de samba nascido no cenário da ‘tragédia do Maracanã’

O Washington Post (WP), jornal americano, noticiou no dia 23 (horário local) que o uniforme amarelo-limão da seleção brasileira, a ‘cor canário’, se envolveu em uma polêmica política incomum no país.

Com a recente eleição presidencial no Brasil, aponta-se que um retrato da lógica do campo político está sendo pintado no tradicional símbolo que representa o esporte brasileiro.

Segundo relatos, participantes em uniformes amarelos ou verdes podem ser vistos em todos os lugares no local de mais de três semanas de protestos eleitorais em grande escala por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro.

Considerado de extrema direita, o presidente Bolsonaro foi derrotado nas últimas eleições presidenciais pelo ex-presidente Lula Tashouba, conhecido como o ‘pai da esquerda’.

Um torcedor de futebol conservador disse: “Esta camisa representa o Brasil, não a seleção”.

O presidente Bolsonaro mostrou uso sério durante a campanha eleitoral, incentivando as pessoas a usar uniformes da seleção nacional no dia da eleição.

“Tantas partes do Brasil estão cobertas de verde e amarelo”, disse ele em um podcast em agosto passado. “Não é pela Copa do Mundo, é pelo patriotismo.”

Além disso, o GT destacou que o conflito político em torno do uniforme ficará mais intenso à medida que alguns jogadores da seleção manifestarem seu apoio ao presidente Bolsonaro.

O craque da seleção brasileira Neymar, que fez um discurso de apoio ao presidente Bolsonaro antes da eleição, postou um vídeo no TikTok deles cantando a música do logotipo do acampamento juntos, anunciando que “dedicaria o gol da Copa do Mundo ao presidente”.

READ  Brasil x Real Wagle MF oscila com oferta do Manchester United

Em consonância com essa situação, os eleitores brasileiros que apoiaram o ex-presidente Lula relutam em usar uniformes de times de futebol.

Quando fui a um bar perto do estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, onde se concentram os verdadeiros torcedores de esquerda, não havia um único cliente vestindo uma camisa de futebol amarela ou verde, relatou o WP.

O dono da loja, Omar Monteiru Jr., disse: “Eu tenho uma camisa amarela e uso bem”, mas “eles dificultaram o uso de camisas exclusivas.

A peça se tornou um símbolo da extrema-direita brasileira.

Alguns torcedores de futebol que não gostam do presidente Bolsonaro até compram a cor alternativa da seleção, o azul escuro.

O comentarista político Marcus Nobre disse: “A divisão social do Brasil não vai acabar depois da Copa do Mundo. Alguns progressistas estão lutando para recuperar o uniforme da seleção nacional”.

Porém, com o andamento da Copa do Mundo, também há a expectativa de que os brasileiros se reúnam para torcer pela seleção.

O ex-presidente Lula, que conquistou a próxima presidência, anunciou que usará o uniforme da seleção durante a Copa do Mundo.

“Se Neymar jogar bem nesta Copa do Mundo, a esquerda vai perdoá-lo e venerá-lo”, disse o comentarista esportivo Jukka Gibri.

Inicialmente competindo com tops e bottoms brancos, a Seleção Brasileira mudou de uniforme por causa da “Tragédia do Maracanã” na final da 4ª Copa do Mundo contra o Uruguai. Em 1950 não conseguiu vencer o campeonato devido à derrota em seu país. Acabou sendo um gatilho.

Na época, o resultado da partida foi tão chocante que alguns espectadores fizeram escolhas extremas.

Aqui, a opinião pública de que o uniforme branco não refletia adequadamente a identidade nacional era contagiante e, em 1953, o jornal ‘Cohiu da Mannan’ publicou um novo desenho de uniforme usando as quatro cores da bandeira brasileira (amarelo, azul, branco e verde ).

READ  "BRICS, BRICS Video Summit em junho... Índia concorda em participar após visita do rei chinês"

Depois de considerar mais de 100 combinações, o escritor e ilustrador Aguirre García Sule apresentou um design de camisa amarela e calça azul, e esse uniforme se tornou o símbolo da seleção brasileira ‘Samba Soccer’.

/Boas notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.