CJ CheilJedang alcançou ‘Compra Zero de Soja da Amazônia’ há dois anos… Liderando o caminho na proteção dos ‘Pulmões da Terra’

[대한뉴스=김남규 기자] A produtora brasileira de concentrado de proteína de soja CJ CheilJedang, CJ Selecta, anunciou no dia 5 que não comprará mais soja da Amazônia a partir deste ano. A meta de comprar soja zero da Amazônia até 2025, definida pelo desmatamento zero até 2021, foi alcançada dois anos antes.

ⓒ Notícias Daehan
ⓒCJ CheilJedang

Isso se deve a um aumento nas compras de soja fora da região amazônica, uma vez que a taxa de participação do ‘Programa Semente’ operado pela CJ Selecta continua aumentando em troca de soja amazônica. Atualmente, cerca de 200 pessoas participam do ‘Projeto Semente’, que consiste em △fornecer sementes △financiar △comprar no Brasil toda a soja colhida de produtores de outras regiões que não a Amazônia.

A CJ Selecta está trabalhando duro para estabelecer um ‘sistema de ciclo virtuoso’ onde a soja comprada por meio do ‘programa de sementes’ pode ser reciclada mesmo após o processamento. Método de conversão dos subprodutos gerados durante o processamento da proteína concentrada de soja em produtos ecologicamente corretos, como fertilizantes especiais ou bioetanol, utiliza a tecnologia de fermentação da CJ, que é a melhor do mundo. Fertilizantes especiais ecologicamente corretos estão substituindo os fertilizantes químicos existentes, e o bioetanol está sendo usado em vez da gasolina como combustível para veículos.

Com isso, o objetivo é reduzir continuamente as emissões de carbono geradas em todo o processo de fabricação da proteína concentrada de soja. Em particular, a CJ planeja continuar reduzindo as emissões de carbono reduzindo a distância e o tempo de transporte doméstico comprando soja principalmente em Minas Gerais, Brasil, onde está localizada a base de negócios da CJ Selecta. A CJ Selecta reduz suas emissões totais de carbono do cultivo de soja e distribuição de produtos concentrados de proteína de soja para clientes em menos de um terço da média dos processadores de soja brasileiros.

READ  Supremo Tribunal Federal "Inclui Bolsonaro na Apuração de Motins Contra Eleições Presidenciais" (Detalhado)

A política é estender a gestão ESG não apenas aos sites de negócios da CJ Selecta, mas também à área da cadeia de valor (Escopo 3), como a cadeia de suprimentos e empresas parceiras. Desde o final do ano passado, tem apoiado fazendas para obter a certificação ‘RTRS (Mesa Redonda sobre Soja Responsável)’. ‘RTRS’ é um sistema de certificação internacional que certifica que a soja é produzida e transportada de maneira ambientalmente correta por meio da RTRS, uma organização sem fins lucrativos com sede na Suíça. Este ano, a soja certificada RTRS deverá atingir 60.000 toneladas, cerca de 30% a mais que no ano passado.

Além disso, em setembro do ano passado, a empresa lançou um sistema acrossatélite para bloquear proativamente a soja que não atende aos princípios ESG ao comprar soja pública. Ajuda a monitorar qualquer atividade ilegal nos campos onde a soja é cultivada. Os clientes podem conferir todo o processo desde a colheita dos grãos até o recebimento dos produtos com o aplicativo Soya Trace.

As iniciativas ambientais da CJ Selecta continuam com a contribuição de clientes globais. Unilever, Nestlé e outras empresas reconheceram a sustentabilidade do óleo de soja livre de desmatamento vendido pela CJ Selecta e se comprometeram a apoiar atividades ecologicamente corretas. Aliás, no passado dia 29, a multinacional Unilever realizou o prémio ‘Partner with Purpose Award’ para parceiros no Reino Unido e elegeu a CJ Selecta como vencedora na categoria Impacto Sustentável.

Um funcionário da CJ Selecta disse: “Estamos focados em atender a tendência de preferência das corporações multinacionais por produtos com certificação ESG e as políticas ambientais da Europa, um importante país exportador”.

Enquanto isso, a CJ Selecta é a produtora número 1 do mundo de ‘concentrado de proteína de soja’ localizada no Brasil. A proteína concentrada de soja, produzida com bioenergia na fábrica da CJ Selecta com um sistema de descarga zero, é usada principalmente como matéria-prima para alimentação de peixes e está chamando a atenção como um futuro produto que pode substituir a alimentação de peixes existente.

READ  Kim Yoon-joong, que terminou a adaptação no Brasil, entrou na Argentina, a 'terra da guerra' "adaptação padrão, nas melhores condições!"

Jornal Geral Notícias Daehan(Registro nº: Siolka nº 361) Notícias da Coréia(Nº de registro: Gangseo-ra 00189) Revista CISA 2580(Registro nº: Seoulda 06981) ON-OFF LINE É um meio abrangente que conecta todos eles.

Copyright © Daehan News Reprodução e redistribuição não autorizadas proibidas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *