O futebol japonês está em boa forma… O futebol coreano tem lição de casa deixada para trás

A seleção japonesa de futebol sênior venceu Mianmar por 5 a 0 em partida do Grupo A das eliminatórias da Copa do Mundo Centro-Norte e América, no dia 16, marcando sua sétima vitória consecutiva em partidas internacionais. Durante a sequência de vitórias, o Japão marcou 29 gols (média de 4,1 gols por jogo) e sofreu apenas 5 gols (0,7 gols). Potências europeias como a Alemanha e a Turquia também se tornaram sacrifícios para o Japão.

Então os irmãos mais novos também ganham força. A Seleção Japonesa Sub-22 (Sub-22) derrotou a Seleção Argentina Sub-22, comandada pelo ex-craque Javier Mascherano (39), pelo placar de 5 a 2, em amistoso realizado em Shizuoka, no Japão, no dia 18.

O Japão marcou 4 gols aos 22 minutos do segundo tempo, quando perdia por 1 a 2, completando uma grande vitória. Yuito Suzuki (22, Bronby) liderou com vários gols, com Sato Jin (22, Werder Bremen), Matsumura Yuta (22, Kashima) e Fukuda Shio (19, Mönchengladbach) marcando um gol cada.

<صورة يونهاب - 4057> O japonês Rinto Takaoka, no centro, derrotou o argentino Thiago Laplace durante uma partida de futebol do Grupo D da Copa do Mundo Sub-17 da FIFA no Estádio Si Jalak Harupat em Bandung, Java Ocidental, Indonésia, terça-feira, novembro. 14 de novembro de 2023. (AP Photo/Ahmed Ibrahim)/2023-11-14 23:07:30/ <حقوق الطبع والنشر ⓒ 1980-2023 شركة يونهاب للأخبار المحدودة يحظر الاستنساخ أو إعادة التوزيع.>

A seleção japonesa, liderada pelo técnico Joe Oiwa (51 anos), é formada por jogadores nascidos em 2001 ou menos, e tem como meta as Olimpíadas de Paris no próximo ano.

É a mesma equipe que perdeu por 1 a 2 para a seleção coreana comandada pelo técnico Hwang Seon-hong (55) na final dos Jogos Asiáticos de Hangzhou, no mês passado. Naquela época, a Coreia formava um time com jogadores menores de 24 anos de acordo com o regulamento da competição, mas o Japão só competia com jogadores menores de 22 anos sem wild card (acima de 25 anos) para manter a continuidade que antecedeu as Olimpíadas de Paris, e alcançou a vitória com experiência prática.

A seleção sub-17 japonesa também se classificou para as oitavas de final da Copa do Mundo. O Japão, que derrotou o Senegal por 2 a 0 na 17ª colocação, terminou em terceiro lugar no Grupo D (2 vitórias, 1 derrota, 6 pontos) e se classificou para as oitavas de final do Mundial Sub-17 da Indonésia, onde disputará com a Espanha para as quartas de final no dia 20.

Por outro lado, a seleção coreana, comandada pelo técnico Byun Seung-hwan (44), perdeu por 2 a 1 para Burkina Faso no dia 18 e terminou na última posição do Grupo Cinco (3 derrotas). A Coreia, que perdeu por 1 a 3 para os Estados Unidos e 0 a 1 para a França na primeira e na segunda partidas, buscou a primeira vitória contra Burkina Faso, que sofreu duas derrotas, mas perdeu para Abu Bakr Kamara aos 41 minutos de o segundo. O primeiro tempo quando o placar estava 1 a 1 e o gol da vitória foi marcado.

Byun Seung Hwan Ho, que defendeu o futebol de ataque com suas impressionantes habilidades individuais, revelou fragilidades na defesa em todas as partidas. Já se passaram 33 anos desde a Copa do Mundo de 1990 na Itália, onde o futebol coreano perdeu todas as três partidas da fase de grupos da fase da Copa do Mundo, incluindo as partidas seniores, sub-20 e sub-17.

Kim Myung-joon, que marcou dois gols na Copa do Mundo Sub-17 (enviado pela Associação Coreana de Futebol)
READ  [GOAL 리뷰] 'Donnarumma expulso' Paris Saint-Germain vence Le Havre por 2 a 0, apesar da superioridade numérica. Lee Kang-in joga em tempo integral

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *