Público brasileiro indignado com racismo contra jogadores brasileiros na Espanha

Prazo de entrega2023-05-24 05:19

O governo brasileiro está “considerando processar os suspeitos usando a lei brasileira”

Vinícius Jr. é um jogador de futebol brasileiro

[신화 연합뉴스 자료사진. 재판매 및 DB 금지]

(São Paulo = Yonhap News) Correspondente Kim Ji-yeon = O governo do Brasil tomou medidas após ataques racistas contra o jogador da seleção brasileira Vinicius Jr. (22), que joga pelo time de futebol profissional Real Madrid na Espanha, continuam.

Na madrugada do dia 21 (horário local), durante a partida Real Madrid x Valencia, em Valência, na Espanha, o jogador brasileiro Vinicius Jr. foi agredido por torcedores racistas.

Neste dia, os torcedores do Valencia gritaram repetidamente ‘mono’ (macaco) para Vinicius Jr., e Vinicius Jr. protestou, mas a partida continuou.

No entanto, a partida foi interrompida por cerca de 10 minutos devido a uma série de ataques racistas.

Após o jogo, Vinicius Jr. postou em seu serviço de rede social (SNS) uma coleção de ataques racistas que sofreu e exigiu uma punição mais severa.

“Por que os patrocinadores do campeonato espanhol estão parados? As emissoras que transmitem o campeonato espanhol todo fim de semana não são uma situação bárbara?” Ele exigiu uma resposta dos órgãos envolvidos.

Mais tarde, a raiva pela violência racista se espalhou pelo país no Brasil de Vinicius Jr.

Ainda no dia 22, o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula Dasoa se manifestou e pediu medidas para “evitar que o fascismo e o racismo ocupem campos de futebol ao redor do mundo”.

O ministro da Justiça do Brasil, Flavio Ginu, disse que consideraria até mesmo usar “poderes estrangeiros” para usar disposições do código penal brasileiro contra os suspeitos se as autoridades espanholas não tomassem as medidas apropriadas no caso.

READ  "Lee Seo-Jin está no terceiro ano da Universidade de Nova York"...Lee Young-Ran, também personagem principal do filme brasileiro 'Fame' (Perfect Life): Nate Entertainment

A mídia brasileira, como G1 e CNN, noticiou no dia 23 que a polícia espanhola prendeu três suspeitos no estádio.

Segundo a mídia brasileira, Vinicius Jr. tem sido alvo de atos de racismo planejados em vários estádios e várias cidades da Espanha. Pelo menos 10 casos estão registrados.

Antes, no final de janeiro, uma efígie de Vinícius Jr. foi confeccionada e pendurada em uma ponte de Madri.

A mídia brasileira informou que a polícia espanhola prendeu quatro suspeitos a esse respeito.

No Brasil, das 18h às 19h do dia 22, foi extinta a estátua do Cristo de braços abertos, símbolo representativo do Brasil, simbolizando o ‘Jesus Negro e Fiel’, em solidariedade a Vinicius Jr.

kjy329@yna.co.kr

Relatório via KakaoTalk okjebo

Reprodução não autorizada – redistribuição proibida>
2023/05/24 05:19 Enviar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *