Amazon confirma ser a autora de donativo misterioso de $310.000 para livrarias

A Amazon revelou estar por trás de um donativo misterioso de US $310.000 a uma instituição de caridade que apoia livrarias independentes no Reino Unido e na Irlanda.

A empresa fez o donativo depois de os livreiros pedirem recursos para ajudar o sector na crise do coronavírus. Muitas empresas não essenciais, como livrarias, fecharam durante a pandemia. O crowd-fund foi criado por colaboradores da London Review Bookshop, Picador e Daunt Books para apoiar a Book Trade Charity, que fornece ajuda para quem trabalha ou trabalhou na indústria. A instituição entrega o dinheiro às empresas de venda, publicação, distribuição e impressão de livros.

Este crowd-fund já arrecadou mais de $ 84.000 em doações públicas. A The Booksellers Association prometeu doar $ 37.000 e a editora Penguin Random House prometeu $62.000.

Na sexta-feira, a instituição recebeu um aumento surpresa de $310.000. Dan Hicks, executivo-chefe da The Book Trade Charity, confirmou à CNN quinta-feira que a Amazon era o benfeitor misterioso.

“As livrarias passaram por momentos difíceis nos últimos anos. Houve um ressurgimento nos últimos anos, mas eles têm os problemas de todas as lojas de rua – eles têm concorrência e [aqueles que montaram o crowd-fund] sentiram um golpe como isso poderia ser mais do que algumas lojas poderiam suportar “, disse Hicks à CNN.

Hicks, disse que recebeu um telefonema da Amazon oferecendo o donativo directamente aos organizadores, e não através da página de captação de recursos, com a empresa dizendo que gostaria de manter o donativo “discreto”.

Enquanto a Amazon, uma grande vendedora de livros, tem enfrentado críticas pelo papel que desempenhou na perturbação do mercado, Hicks disse que recebeu com satisfação o donativo.

“Receber metade da nossa receita anual, além da receita anual, é um tremendo impulso para o trabalho que podemos realizar”, acrescentou.

Na quinta-feira, a Amazon confirmou o donativo em comunicado. “Podemos confirmar que fizemos um donativo ao fundo de ajuda da Book Trade Charity para livrarias independentes”, disse um porta-voz.