Portugal ganha pela primeira e única vez o Festival Eurovisão da Canção há 3 anos, “Amar pelos dois”, interpretada por Salvador Sobral.

O cantor português Salvador Sobral venceu a final do Festival Eurovisão da Canção disputada, em Kiev, na Ucrânia, com a música “Amar pelos dois“.

Salvador Sobral conseguiu a pontuação máxima – 758 pontos – na votação combinada dos júris nacionais e do público. A mais alta pontuação de sempre num Festival da Eurovisão.

A final do Festival Eurovisão da Canção foi disputada no Centro Internacional de Exposições de Kiev, na Ucrânia, por 26 países. O vencedor foi decidido pelo voto do público e por um júri profissional de cada um dos países participantes.

Salvador Sobral tinha já emocionado o centro de exposições de Kiev na primeira semifinal. Confirmando o favoritismo que lhe atribuíam as casas de apostas e a imprensa internacional, o cantor português conquistou o apuramento para a final na passada terça-feira.

“Amar pelos dois”

Composta pela irmã Luísa Sobral, a música “Amar pelos dois” rapidamente se distinguiu, somando visualizações e partilhas nas redes sociais. Foi selecionada para representar Portugal no dia 5 de março, dia da final do Festival RTP da Canção.

“Amar pelos dois” marca o regresso de Portugal a uma final do Festival Eurovisão da Canção, o que tinha acontecido pela última vez em 2010.

Portugal estreou-se no Eurovision Song Contest em 1964, ano em que António Calvário interpretou o tema “Oração”, que não obteve qualquer voto. Em 1996, Portugal alcançou um sexto lugar com a canção “O meu coração não tem cor”, uma música cantada por Lúcia Moniz.