A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 37 anos, em Lisboa, por ser suspeito de mais de 300 crimes de violação e abuso sexual de menores, na forma agravada, contra a filha, anunciou hoje aquela força de segurança.

Numa nota, a PJ adiantou que a detenção aconteceu através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo.

“A investigação apurou que os factos [praticados na Área Metropolitana de Lisboa] que determinaram a detenção ocorreram, repetidamente, desde o início de 2019, quando a vítima tinha 12 anos, até à atualidade”, pode ler-se no comunicado.

De acordo com a PJ, o homem aproveitava-se da “coabitação com a menina para consumar os crimes, nomeadamente quando se encontrava a sós com a mesma”.

O homem ficou em prisão preventiva, a medida mais gravosa, depois ter sido presente a primeiro interrogatório judicial.

Fonte: Lusa