PCP pede esclarecimentos ao Governo sobre o Aeroporto de Cascais

 

Em comunicado enviado à redação do Portal Cascais o Partido Comunista Português (PCP) informa que solicitou esclarecimentos, ao Ministro das Infraestruturas e Habitação, sobre a pretensão de Extensão e Aumento da Capacidade do Aeroporto de Cascais.

O PCP, seguindo o exemplo do Partido Ecologista Os Verdes, solicitou esclarecimentos ao governo sobre a pretensão da Câmara Municipal de Cascais em captar o tráfego aeronáutico executivo do actual Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, e a respetiva expansão e aumento da capacidade do aeroporto de Cascais.

Apesar dos esclarecimentos prestados pelo atual Executivo da Câmara de Cascais e dos elementos da Cascais Dinâmica junto da população, os partidos da oposição, com exceção do Partido Socialista, continuam a fazer forte oposição ao PUACE.

Nos referidos esclarecimentos, Carlos Carreiras, informou os moradores que as medidas preventivas apenas se aplicam nas áreas demarcadas dentro da área de intervenção do PUACE e que nessas áreas ficam proibidas operações de loteamento, obras de construção, de ampliação, alteração ou reconstrução.

Assim como, que não iriam ser efetuadas quaisquer demolições nem expropriações nas áreas envolventes do aeródromo.

Em total desacordo com o projeto o PCP questiona o Governo se tem conhecimento do projeto para o Aeroporto de Cascais e se este está previsto na estratégia do setor aeronáutico nacional.

Preocupado com o impacto ambiental que possa resultar do desvio do tráfego das aeronaves do tipo executivo, o PCP questiona qual o atual volume de tráfego no Aeroporto Humberto Delgado e se o mesmo é aceitável ser desviado para o Aeroporto de Cascais.

E questiona, igualmente, que condicionamentos, estudos e avaliações, técnicas e ambientais, vai o Governo exigir que se realizem antes e após o desenvolvimento do PUACE?

 

Pode ler o comunicado do PCP na íntegra aqui