Primeiro-ministro do Vietnã espera expandir o comércio com o Brasil para US$ 10 bilhões até 2025

Meta de expansão para US$ 15-20 bilhões até 2030

O Primeiro Ministro Bam Minh Trinh se reuniu com representantes empresariais brasileiros [사진=베트남통신사]


O primeiro-ministro do Vietnã, Bamin Trinh, que visitou o Brasil, disse que desde o estabelecimento das relações diplomáticas, o volume do comércio entre os dois países aumentou a um nível sem precedentes, e espera-se que o volume do comércio se expanda ainda mais no futuro.

Segundo a mídia local vietnamita, como a Vn Express, no dia 25, o primeiro-ministro Trinh fez a declaração após se reunir com representantes de empresas brasileiras no dia anterior (horário local).

O Primeiro Ministro Trinh disse que já se passaram 35 anos desde que o Vietnã e o Brasil estabeleceram relações diplomáticas, e a relação entre os dois países se fortaleceu desde a assinatura do Acordo de Parceria Abrangente em 2007.

O Vietname e o Brasil são atualmente os maiores parceiros comerciais no Sudeste Asiático e na América do Sul, e o comércio entre os dois países atingirá um máximo histórico de aproximadamente 6,78 mil milhões de dólares em 2022, um aumento de 6,6% em relação ao ano anterior. Além disso, o volume do comércio entre os dois países triplicou nos últimos 10 anos.

O primeiro-ministro Trinh explicou que o Brasil ainda tem um grande potencial de crescimento, pois tem uma grande população, um grande tamanho de mercado e é adequado para os produtos do país em desenvolvimento Vietnã. Apesar das dificuldades enfrentadas pelas empresas dos dois países, como falta de informação e distância geográfica, o Vietnã pode importar algodão, soja e milho do Brasil e exportar couro, calçados, têxteis, produtos agrícolas e produtos eletrônicos para o Brasil. Que pode ser exportado.

Em resposta, o Primeiro Ministro Trinh apoiou plenamente a abertura da Câmara de Comércio Brasileira no Vietnã e sugeriu que os dois lados deveriam promover ainda mais o intercâmbio de ciência e tecnologia. Ele também propôs fortalecer os caminhos para o desenvolvimento mútuo através da compreensão, partilha e cooperação mútuas.

READ  [발로란트] DRX desafia o ruído 'mais forte do mundo'... LOCK//IN Visualização 4 palestras

Apreciando a cooperação das empresas brasileiras, o Primeiro Ministro enfatizou que o Vietnã está criando um ambiente favorável para as empresas, incluindo acordos de livre comércio, proteção ao investimento e prevenção da dupla tributação.

Portanto, o Primeiro-Ministro propôs estabelecer um mecanismo de participação activa das empresas de ambos os países e esperava expandir o volume do comércio entre os dois países para 10 mil milhões de dólares até 2025 e 15 a 20 mil milhões de dólares até 2030.

Segundo o ministro do Comércio e Indústria do Vietnã, Nguyen Hong Dien, o Vietnã está conduzindo negociações para concluir o acordo comercial do MERCOSUL com países sul-americanos, incluindo o Brasil. O ministro sublinhou que o Vietname está a tornar-se um dos países industrializados do mundo e tem estado entre os 20 países com maior volume comercial do mundo nos últimos três anos.

À medida que o Vietname melhora as suas relações diplomáticas com os Estados Unidos para uma parceria estratégica abrangente, o ministro previu que haverá investimentos em grande escala no Vietname por parte de empresas multinacionais dos Estados Unidos e dos países desenvolvidos, e a procura de matérias-primas aumentará em conformidade. Portanto, propõe-se às empresas brasileiras aumentar o fornecimento de matérias-primas ao Vietnã, especialmente em novas indústrias, como a tecnologia de semicondutores.

Na reunião, as empresas brasileiras disseram que esperam cooperar com o Vietnã em algumas indústrias emergentes, como agricultura, energia eólica e indústrias renováveis. Algumas empresas propuseram cooperar com o Vietname para participar na cadeia de abastecimento global e exigiram que fosse aberta a porta para exportar certos produtos como frango e asas de frango para o Vietname, além de produtos tradicionais como algodão e milho.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *