As direcções dos Agrupamentos Escolares do Concelho de Cascais efectuaram um levantamento de modo a concluir a quantidade de alunos em Cascais que não tinham acesso a um computador e ou internet.

Neste levantamento foram registados 194 alunos do secundário que não possuem net nem meios informáticos para poderem aceder às aulas.

A Câmara Municipal de Cascais assumiu o compromisso de resolver esta situação o que corresponde a um princípio norteador da política autárquica: “não deixar ninguém para trás”. Numa comunicação aos encarregados de educação Carlos Carreiras sublinha que “não deixamos ninguém para trás mesmo quando as condições são adversas, fazendo tudo o que está ao nosso alcance para minimizar o impacto do Covid -19 nas escolas do nosso Concelho”.

O presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, faz, hoje (17/4), às 15h00, na Escola Secundária de São João do Estoril, a entrega simbólica dos primeiros tablets que o município vai ceder, em regime de empréstimo, aos alunos do 10 ao 12.º ano de escolaridade.

Esta entrega visa suprir as dificuldades de alguns alunos do ensino secundário que por não possuírem equipamentos e meios digitais estavam impossibilitados de acompanhar, nesta fase do terceiro período, as aulas que vão processar-se pelo método de ensino à distância.

Para reduzir o constrangimento destes alunos não poderem estar presencialmente no estabelecimento de ensino, a Câmara Municipal cede de forma gratuita, acesso à internet via wi-fi, através de equipamentos hotspot com capacidade 60 Gb/mês.