Médicos surpreendem taxista que não cobrava nada aos pacientes

A história é simples, positiva e demonstra que todos dependemos de todos e cada vez estamos mais atentos a todos.

Em Espanha, um motorista de táxi decidiu não cobrar nada quando levava pacientes ao hospital. Isto, só isto, mas tanto isto.

Apesar de o taxista não ter feito “publicidade” da sua acção, o facto é que a sua atitude correu de boca em boca pelos corredores do Centro de Saúde Ramón y Cajal em Alcorcón, Madrid.

Médicos, enfermeiros, pessoal auxiliar decidiram juntar-se e fazer uma surpresa a este taxista. Chamaram o taxista ao Hospital dizendo que necessitam do seu serviço para transportar um paciente.

Quando o taxista chegou, pediram para que ele entrasse nas instalações onde uma enorme equipa de médicos e enfermeiros o esperavam para o aplaudir agradecendo desta forma a sua gentileza durante o surto de coronavírus.

Como gesto de agradecimento, o hospital deu-lhe um envelope com dinheiro, além dos resultados do teste de coronavírus, que foram negativos. O taxista não parava de chorar com a surpresa que lhe fizeram.

Porque para ser Herói, basta querer ser.