Iniciativa Liberal Cascais lança petição pela redução da taxa de IMI em Cascais para 0,30%

 

Em comunicado enviado à nossa redação a Iniciativa Liberal, através do seu Núcleo Territorial de Cascais, informa que lançou hoje uma petição online www.peticaopublica.com para que o executivo PSD/CDS que gere a Câmara Municipal de Cascais (CMC) reduza a taxa de IMI no concelho para o valor mínimo legalmente possível de 0,30% em 2020 com efeitos imediatos em 2021.

Cascais tem uma taxa de IMI, atualmente nos 0,35%, superior à maior parte dos concelhos do país, incluindo a dos concelhos de Lisboa (0,30%), Oeiras (0,32%) e Sintra (0,33%).

“É tempo de reduzirmos os impostos em Cascais e devolver rendimento às famílias e empresas do concelho neste período de grande incerteza económica”, afirma Miguel Barros, porta-voz da Iniciativa Liberal Cascais.

Conclui ainda que “parece-nos extremamente injusto que os portugueses estejam a viver
dificuldades económicas e sociais e que, por exemplo, os partidos estejam isentos de pagar IMI, IMT, imposto de selo, imposto sucessório, imposto automóvel e IVA, mesmo em atividades que são comerciais, como a festa do Avante.”

A Iniciativa Liberal Cascais informa, no seu comunicado, que vem dar voz aos munícipes de Cascais na sua defesa por um Estado mais eficiente e mais responsável na gestão dos seus impostos.

A Iniciativa Liberal Cascais defende, para compensar o efeito da redução de IMI no orçamento da CMC, a eliminação de despesas supérfluas (como a redução da publicidade feita pelo município), um programa de redução de despesas correntes e a devolução do excedente orçamental acumulado nos últimos anos de quase 75 milhões de euros.

De salientar que, a redução do valor da taxa de IMI é uma das bandeiras do partido Iniciativa Liberal, como consta no seu programa político e eleitoral.